Lula vai embora deixando uma dívida de 1.400 Trilhão. Aumentou a dívida em 1 trilhão e gastos com cartão corporativista em 267 milhões.
Cláudio Humberto – Desde 1º de janeiro de 2003 e até o final de outubro deste ano, o governo Lula gastou R$ 350 milhões com cartões corporativos.
Em 2010 a conta já ultrapassa R$ 71 milhões, segundo dados do Portal da Transparência.
Só a Presidência da República consumiu quase R$ 16 milhões com cartões, este ano, em gastos ”sigilosos”.

Em 2007 (R$ 76 milhões) e 2010, o governo gastou mais R$ 70 milhões com cartões.
A média diária de gastos do governo com cartões corporativos em 2010 é de R$ 215 mil, o dobro da média dos últimos oito anos (R$ 111 mil).
Em abril, a conta dos cartões corporativos do governo Lula totalizava R$ 11 milhões.
Até novembro, o total pulou para R$ 71 milhões.
Durante o primeiro mandato de Lula, cartões corporativos nos custaram R$ 78,4 milhões.
No segundo mandato, triplicou: R$ 267 milhões.
Os brasileiros, vão pagar muito caro pela atitude perdulária do governo Lulla, que não está conseguindo pagar os juros dessa “Dívida trilhardária” tendo que engolir um “spread” (taxa de juros) muito caro para refinanciar os “papagaios”, sem deixar nenhum benefício essencial (Educação, Saúde, Segurança e Saneamento) para o povo, mas apenas DIVIDAS A PAGAR por todos os brasileiros, que pagam seus impostos.

COMENTÁRIOS:

A gastança desordenada da “NOMENKLATURA”, através dos cartões corporativos, daria para oferecer uma casa a cada brasileiro carente ou construir vários hospitais.

Plásticas, botox, vinhos caros, luxos variados, compra de brinquedos e de jóias – tudo isto pago pelo contribuinte e na maior hipocrisia, sem que houvesse oposição, ainda se estabeleceu que estes gastos envolviam segurança presidencial.

Chega Lula! Foi muito abuso.

Anúncios