Se o Brasil é realmente um país sem memória, o arquivo do jornal não. Para relembrarmos o que foi o mensalão, na épocade seu julgamento pelo STF — sete anos depois de ter vindo à tona, vale a pena ver de novo algumas das melhores charges de Chico Caruso, um dos maiores intérpretes da cena política brasileira. Um dos pioneiros a publicar charges na primeira página, no GLOBO, Chico tem um olhar sagaz sobre a história recente do Brasil. E o mensalão é um capítulo que foi acompanhado praticamente ano a ano.

2005

Caruso 1

12 de junho: cinco dias depois que veio à tona a delação de Roberto Jefferson

Caruso 2

8 de junho: — É tudo invenção — diz Delúbio
— Ah bom! — replicou Lula

Caruso 3

28 de junho: COMPASSO DE ESPERA (2) – Difíceis dias estes em que a única coisa que muda no Planalto é o figurino do Márcio Thomas Bastos…

Caruso 4

12 de agosto: “E no show do Moulin-Rouge”

Caruso 5

6 de junho – Roberto Jefferson grita: “Madeira!!!”

Caruso 6

10 de agosto: Jefferson descasca Marcos Valério

Caruso 7

24 de outubro

2006

Caruso 8

5 de fevereiro: Segue o Baile – Vamos relembrar o grande Gonzaguinha: “Começaria tudo outra vez…”

Caruso 9

28 de fevereiro

Caruso 10

16 de março: o publicitário Duda Mendonça é um túmulo

Caruso 11

11 de maio de 2006 – Lula e Sílvio Pereira, ex-secretário-geral do PT acusado de ter ganhado uma Land Rover e ter sacado mais de R$ 4 milhões das contas de Marcos Valério

Caruso 12

Novembro: Berzoini, Gushiken, Genoíno e José Dirceu

2007

Caruso 13

2 de julho: — Ouçam meu conselho: o principal não é o fato, é a versão! — diz Jefferson

Caruso 14

27 de agosto: — Não se preocupem, esse julgamento ainda vai dar muito pano para mangas…

2009

Caruso 15

24 de março: Marcos Valério e José Dirceu

2011

Caruso 16

12 de setembro

Caruso 17

22 de dezembro

Caruso 18

23 de dezembro

Caruso 19

26 de dezembro

2012

Caruso 20
Caruso 21
Anúncios