Um escrito velho de mais de 1500 anos ilumina hoje o Congresso Nacional

Por Rubem Alves

Trocadas as palavras antigas por palavras modernas, dir-se-ia que Santo Agostinho, há 1500 anos, era um comentarista da política brasileira.

Foi isso que ele escreveu:

“Que são os bandos de ladrões senão pequenos reinos?
Pois o bando é formado por homens;
é governado pela autoridade de um príncipe;
é mantido coeso por um contrato social;
e os produtos dos saques são divididos segundo leis aceitas por todos.

Se, pela inércia de homens fracos,
este mal cresce ao ponto de se apropriar de lugares,
estabelecer moradas, apossar-se de cidades
e subjugar povos, ele passa a ter o nome de reino,
porque agora ele realmente o é,
não por dele ter sido eliminada a corrupção,
mas porque a ela foi acrescentada a impuni­dade.”

Santo Agostinho

Anúncios