Gastos com Dinheiro Público para Propaganda da Copa

Deixe um comentário

GASTOS COM DINHEIRO PÚBLICO PARA PROPAGANDA DA COPA-2014 NO RIO DE JANEIRO

1. No dia 30 de julho de 2011,  houve um ato político de propaganda e lançamento dos grupos eliminatorios da copa do mundo, no salão de festas da marina da Gloria, na cidade do Rio de janeiro.

2. O ato durou aproximadamente três horas, teve ampla cobertura do jornal nacional e da midia burguesa brasileira. Participaram dele, a Presidenta Dilma Roussef, o presidente da FIfa, o governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, o prefeito, o Ministro dos esportes,  o todo poderoso presidente da CBF, Ricardo Teixeira, e artistas globais que se revesavam entre chefes de cerimônia e apresentações culturais.

3. Tudo isso, para anunciar os grupos da copa.  Apenas isso.
4. Custo do evento: 30 milhões de reais. Quem pagou?  15 milhões foram pagos pela prefeitura do Rio de Janeiro, e 15 milhões de reais pelo Governo do estado do Rio de Janeiro.

5. Vejam alguns gastos que foram feitos com esses recursos, em tão pouco tempo:
a) O aluguel do espaço na Marina da Gloria, por um dia:  3,7 milhões de reais
b) aluguel de 70 cadeiras com braço, que não havia no local: 204 reais por cadeira, pelo tempo de meio dia!
c)  A diretora que coordenou e planejou o evento: recebeu 54 mil reais.
d)  Os artistas e convidados cobraram para ir  416 mil reais.
e) O assistente geral da coordenadora recebeu 11 mil reais.
f) uma arquiteta junior (não se sabe para que obra?) recebeu  22,5 mil reais
g) O coordenador de chegadas e saídas, que fica anotando na entrada:  4 mil reais.
h) O diretor de TV, imprensa e assessoria juridica, cobrou 142 mil por esse brilhante trabalho.
i) cenografia do local: custo 2,24 milhões (aqueles baners, cartazes, etc)
j)  transportes dos artistas, de suas casas e hoteis ate o local:  112 mil reais.
l) Custo da produção do evento (?): 1,716 milhões
m) motorista, coitado, recebeu apenas 3,6 mil por um dia de trabalho.

6. Tudo isso pago com dinheiro público e sem nenhuma licitação, pois o evento era sui generis, excepcional,  e poucas pessoas teriam capacidade no Brasil para organizá-lo.

7. A Justificativa: seria transmitido para todo mundo.

8.  Agora: fique tranquilo. Qual foi a empresa prestadora de serviços que recebeu os trinta milhões de reais, de dinheiro público e aplicou daquela maneira acima?  A empresa  GEO EVENTOS.  Proprietários da empresa: rede Globo de televisão e a RBS (associada da globo no RS).

Por meio de nota, a empresa GEO EVENTOS explicou ao jornalista: “os valores dos serviços foram estabelecidos na proposta, que previu a remuneração padrão, dentro dos preços de mercado e foram correspondentes aos prazos e complexidade das operações da produção. A apresentação da documentação e prestação de contas ocorreu dentro do modelo dos eventos patrocinados pela Prefeitura e Governo do estado do Rio de Janeiro.”
Por tudo isso, a rede Globo se cala diante dos descalabros do Ricardo Teixeira.  E eles todos tem alguma moral, de ficar exigindo rigor no uso dinheiro público? e ficar cobrindo passeatas da classe média com vassouras que nunca usaram,  clamando contra a corrupção?  Corrupção de quem?

(Fonte: a partir de matéria publicada no jornal Estado de São Paulo, dia  30 de setembro de 2011, assinada pelo jornalista Tiago Rogero, da sucursal do Rio de Janeiro, com o titulo “Custo com pessoal no sorteio da copa”- caderno de esportes.  E claro, sem muito destaque…)

Anúncios

Como Ficarão os Estádios e o Resto do País Após a Copa 2014

Deixe um comentário