Na primeira metade do século passado, a Alemanha que se consolidava economicamente, mas possuía grande diferenciação e classes sociais, de forma um tanto parecida com o Brasil, foi tomada de assalto por um grupo de supostos nacionalistas, que de fato buscavam o poder e suas riquezas, levando o país ao caos, mas resguardando a si poder e dinheiro. Também aqui analogicamente vemos o PT. Aliás o partido inicial de Hitler chamava-se Partido dos Trabalhadores Alemães em Munique.  Mas se Hitler se perdia entre seu narcisismo e poder;  tal qual Lula, ele se cercava dos propagandistas, aproveitadores e serviçais de ocasião. Como não vermos Himmler em José Dirceu. Há até um  Goebbels baiano (Duda Mendonça).

Mais

Anúncios